Di María oferece ouro à Argentina
publicado por belelinho

Um golo do benfiquista Di María, à passagem do minuto 58, decidiu a final olímpica do torneio masculino de futebol, disputada no "Ninho do Pássaro", em Pequim. Depois do sucesso em Atenas'2004, a Argentina voltou a arrebatar o ouro, confirmando o seu estatuto de grande potência mundial.

Solicitado por um passe magistral de Leonel Messi, o extremo encarnado foi rápido a isolar-se e perante a saída do guardião contrário "picou" a bola de forma exemplar, fazendo o único golo de uma partida quase sempre dominada pelos sul-americanos que, pese um ou outro susto, mostraram possuir mais e melhores soluções que os africanos.

Depois de já ter colocado a equipa nas meias-finais, com o tento que derrotou a Holanda (2-1, após prolongamento) nos "quartos", Di Maria voltou a ser protagonista, fechando a participação olímpica como um dos futebolistas mas valorizados, conforme se comprova pela atenção com que vários colossos internacionais (com Real Madrid à cabeça) seguiram os seus desempenhos.

Recorde-se que no passado dia 13, os encarnados compraram os últimos 20 por cento do passe do futebolista, sendo que o jogador ficou vinculado ao clube da Luz até 30 de Junho de 2012, com um cláusula de rescisão no valor de 30 milhões de euros.

Aos 88 minutos, quando a Argentina já só se preocupava em segurar a vantagem, Di María (que viu um cartão amarelos aos 74') foi substituído por Banega. Na bancada, Maradona era um dos muitos argentinos rendido ao talento de uma equipa rechaeda de estrelas como Messi, Riquelme, Mascherano, Aguero ou Di María.

Com este triunfo, os sul-americanos vingaram o desaire da final dos Jogos Olímpicos Atlanta'96, quando perderam precisamente diante da Nigéria (2-3).

Terceira medalha benfiquista

Ao conquistar o título olímpico, o número 11 da Argentina deu também a terceira medalha ao Benfica em Pequim, depois de Nelson Évora (ouro no triplo salto) e Vanessa Fernandes (prata no triatlo).

No encontro de atribuição da medalha de bronze, realizado sexta-feira, o Brasil venceu a Bélgica por 3-0, com um tento do ex-portista Diego e "bis" de Jô.

in record

Etiquetas:




Página Inicial
2007-2009 A Mistica Benfiquista