Benfica conquista Torneio do Guadiana
publicado por belelinho


O Benfica venceu este domingo o Sporting por 1-0 e conquistou o Torneio Internacional do Guadiana 2007. Foi um jogo bem agradável, que teve «as picardias» habituais e que acabou por ser decidido por uma cabeçada fulminante que bateu o melhor jogador desa noite.

Nem «a feijões» estes dois gostam de perder para o outro - já se sabe - e, com o primeiro troféu da época em jogo, foi um jogo muito agradável e que fez jus ao nome das duas equipas, mesmo que em tempo de pré-época e com todas as reservas de observações e testes que se anunciam para esta partida. Primeira vitória das águias nos quatro jogos particulares realizados esta pré-época.

Picardias entre velhos conhecidos (como Luisão e Liedson ) houve logo cedo, mas também duelos interessantes entre reforços como Bergessio e Pedro Silva. Com todos a quererem mostrar serviço para ganhar um dos lugares que «estão em aberto», mas também para tratar de conservar o «seu», o ritmo (e a qualidade) a que se assistiu foi muito agradável.

Já mais perto, com certeza, dos onzes que irão ser os «bases» de ambos os treinadores, ambas as equipas se dispuseram a enfrentar-se num 4x4x2 em losango. A isto não sendo alheio seguramente o conhecimento que os dois técnicos têm do adversário com vista à tão apetecida vitória nestes jogos.

Ganhou o duelo o Sporting na primeira parte (enquanto não houve golos), dominou mais as operações o Benfica na segunda parte quando fez o golo. Os leões tiveram várias ocasiões para marcar no tempo inicial; as águias foram dando a sua resposta no período complementar.

Ganhou, assim, o Benfica o duelo no segundo tempo; e o jogo. O golo de David Luiz deu a vitória a uma equipa que mexeu mais quando tudo se podia decidir nos segundos 45 minutos. Paulo Bento apenas foi refrescando posições, Fernando Santos
Foi mexendo aos poucos na estrutura experimentando até Katsouranis a central tirando Luisão.

Quando aconteceu o golo e como todos gostam de ganhar e ninguém de perder, o Sporting apostou então numa linha já com três avançados (Derlei, Djalo¿e Liedson) em campo, enquanto o Benfica foi reforçando o meio-campo com Fábio Coenrão a fazer de segundo jogador mais avançado atrás de Bergessio.

Marcado um golo ficou feito o resultado, pois, entre estes dois não se perdoa nada, e apesar de estar um troféu em jogo, já parecia mesmo jogo de campeonato, em «a doer», pois se o Sporting procurou ir «na marra» para cima do adversário, o Benfica respondeu na mesma moeda para garantir que batia o eterno-rival no primeiro «derby« deste ano desportivo.

Ficha de jogo

Estádio Municipal de Vila Real de Santo António (cerca de 9.500 espectadores)

Árbitro: Pedro Henriques (Lisboa)

BENFICA: Quim; Luís Filipe, Luisão (Rui Costa, 58), David Luiz e Léo; Petit, Katsouranis, Manuel Fernandes e Nuno Assis (Miguelito, 83); Bergessio e Mantorras (Fábio Coentrão, 71).
Treinador: Fernando Santos.

SPORTING: Stojkovic; Pedro Silva (Abel, 70), Tonel, Polga e Ronny; Miguel Veloso, João Moutinho, Izmailov (Vukcevic, 74)e Romagnoli (Djaló, 79); Derlei e Liedson.
Treinador: Paulo Bento.

Golo: David Luiz (78)

Acção disciplinar: cartão amarelo a Manuel Fernandes (69); Romagnoli (69); Bergessio (90).

in maisfutebol

Etiquetas:




Página Inicial
2007-2009 A Mistica Benfiquista